Financiamento, Promoção de Investimentos e Acesso ao Crédito

A PARANÁ TURISMO, órgão de execução da Política Estadual do Turismo, dentre as suas várias ações mantém relacionamento com as instituições financeiras públicas, agências de fomento, órgãos institucionais federais, estaduais e municipais e entidades com o objetivo de informar ao setor público e privado sobre Linhas de Crédito e Oportunidades de Negócios.


TURISMO: UM BOM NEGÓCIO NO PARANÁ
ORIENTAÇÕES PARA A INICIATIVA PRIVADA


Por que Investir no Paraná? Procure boas razões no site da Agência Paraná de Desenvolvimento, vinculada a Secretaria do Planejamento e Coordenação Geral clicando aqui

Verifique em quantos nichos de mercado o turismo está presente, analisando as oportunidades de negócio em seu Município/Região, consultando os Estudos da Cadeia Produtiva do Turismo

Pequenas e médias empresas encontram dificuldades crescentes de se desenvolver ou até de sobreviver por falta de acesso a fontes adequadas de financiamento. Segue abaixo os links dos AGENTES FINANCEIROS PÚBLICOS que disponibilizam linhas de crédito para estimular investimentos no setor.

Banco do Brasil
Caixa Econômica Federal
BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico
BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul
Agência de Fomento do Paraná

Consulte o SEBRAE PR para informações sobre Análise de viabilidade financeira (Abertura de empresa e expansão, Próprio, Estruturação do Plano de Negócios e Consultoria de Oportunidade de negócios em Turismo) e Planejamento Estratégico (curto, médio e longo prazo).


TURISMO GERADOR DE DESENVOLVIMENTO LOCAL E REGIONAL
ORIENTAÇÕES PARA ÓRGÃOS PÚBLICOS E ENTIDADES


Orçamento Geral da União, do Estado e do Município – é onde são definidas as prioridades e a aplicação dos recursos públicos. Deve ser planejado corretamente e de forma participava é necessário diagnosticar as demandas mais importantes para o desenvolvimento do Turismo e incluí-las na Lei Orçamentária.
É no orçamento público que se juntam política pública, desenvolvimento regional, turismo e território.

Orçamento Federal

■ Recursos da Programática do MTur - Podem ser solicitados através de projetos que estejam em consonância com o Plano Nacional de Turismo. Os projetos devem obedecer as normas do SICONV (Portal de Convênios do Governo Federal)

■ Recursos das Emendas Parlamentares do Orçamento Geral da União - No orçamento do Governo Federal os Deputados Federais e Senadores podem destinar recursos para o turismo através de Emendas de Bancada ou Individuais. Conforme a rubrica elas podem atender Estados, Municípios e Entidades sem Fins Lucrativos. Estas Emendas podem atender projetos de infraestrutura, sinalização turística, qualificação, promoção, eventos, centros de informações turística e enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Manual de Emendas - Orçamento da União para 2017

■ Recursos do BRDE - Possui linhas de financiamento para Municípios (indústria, comércio, serviços, infraestrutura e agricultura). Veja mais no site do BRDE

Outras Fontes de Recursos: muitas demandas regionais e municipais são contempladas com recursos de outras áreas especialmente infra-estrutura, pois toda obra que beneficia a população, também beneficia o turista. Exemplo: Secretarias de estado da Cultura, Meio Ambiente, Agricultura, Esporte, Segurança Pública, etc

■ Prodetur Nacional - Financiamento do BID para estruturação e desenvolvimento da atividade turística sustentável nos estados, destinos indutores e em municípios com população acima de 1 milhão de habitantes.

Governos Federal e Estadual - Ministérios da Cultura, das Cidades, Desenvolvimento Agrário, Meio Ambiente, Integração Nacional; Secretarias de Estado da Cultura, Desenvolvimento Urbano, Agricultura e Abastecimento, Instituto Emater, Paraná Cidade, Agência de Fomento etc.

Fundos para o Desenvolvimento do Turismo

Iniciativa: poder executivo e/ou legislativo municipal.
Trâmite: Aprovação pela Câmara Municipal, e sancionado pelo Prefeito. Destina-se a captação e aplicação de recursos, visando o desenvolvimento econômico e turístico municipal.
Saiba mais

Leis de incentivo

Incentivos Fiscais: São estímulos criados pelos governos para desenvolver e estimular por meio de parceria com a iniciativa privada, setores de interesse para o país, estados, municípios e regiões. São estabelecidos através de legislação federal, estadual ou municipal com o objetivo de incentivar a instalação de empreendimentos que fazem parte da cadeia produtiva do turismo. Exemplo: Decreto 1190/2007 que regulamenta o disposto na lei 15.562/2007, que trata da isenção e/ou redução do ICMS incidente nas operações das micro e pequenas empresas (Simples Nacional).
Saiba mais
Veja também sobre incentivos fiscais no site da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul


LEMBRETES PARA OS GESTORES PÚBLICOS

Gestão Participativa: Interlocução com a área pública, a sociedade organizada e os setores produtivos privados.
Mobilização e articulação: do poder público com a iniciativa privada para a consecução dos projetos destinados ao desenvolvimento do turismo municipal e regional.
Profissionais competentes: técnicos de qualidade são fundamentais para o desenvolvimento e aprovação dos projetos.
Acompanhamento: tanto do poder público, como dos representantes do legislativo, das entidades e da população.


FALE CONOSCO:
PARANÁ TURISMO
Alameda Dr.Murici, 950 - Centro
CEP: 80020-040 Curitiba / PR
Fone: (41) 3313-3523 / 3313-3500
Recomendar esta página via e-mail: