Institucional

13/04/2018

Balanço das ações de fiscalização em hotéis de Curitiba

Fotos 

A diretora técnica da PRTUR, Deise Bezerra, com as agentes fiscais do MTUR e equipes que apoiaram as ações na rede hoteleira em Curitiba

As ações de fiscalização em hotéis de Curitiba, por agentes fiscais do Ministério do Turismo (MTUR), apoiadas pela Secretaria do Esporte e Turismo do Paraná (SEET)/Paraná Turismo e Instituto Curitiba de Turismo, realizadas nos dias 11 e 12 últimos, apresentaram um balanço que revela atenção especial das autoridades e em especial da rede hoteleira. O balanço revela que foram visitados 61 estabelecimentos, sendo que 50 deles foram notificados pela falta do Certificado do Cadastur ou pelo fato do documento estar vencido. Outros 11 estavam legais ou com as portas fechadas.

Para as Agentes Fiscais de Turismo, do Ministério do Turismo (MTUR), Daniela Saraiva e Jacqueline Alves, que comandaram as ações de fiscalização, “a realidade esta aí. Deixamos várias notificações e os hotéis que não estão funcionando de forma legal têm prazo de 30 dias para regularização no Cadastur ou serão alvo de multas”, explicou Daniela Saraiva.

O objetivo da ação foi sensibilizar os prestadores de serviço sobre a importância da formalização do setor e assim garantir a ampliação do número de pessoas físicas e jurídicas no cadastro de prestadores de serviços turísticos: o Cadastur.

Para a diretora técnica da PRTUR, Deise Bezerra, “a ação de fiscalização foi oportuna. Os hotéis devem ser os maiores interessados em regularizar sua situação. É melhor para os estabelecimentos e muito mais seguro para os turistas”, comentou.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.