Turismo

05/07/2019

Sondagem empresarial realizada pelo Ministério do Turismo

Sondagem empresarial realizada pelo Ministério do Turismo, apresenta indicadores sobre a percepção dos empresários da economia do Turismo com a finalidade de orientar políticas públicas para o fomento do setor.


Pesquisa realizada em abril/2019, com empresas do setor de agências e organização de viagens no estado do Paraná, referente à percepção dos empresários quanto ao desempenho e à perspectiva de seus estabelecimentos e de seus destinos. No Paraná, 51,8% dos empresários disseram que houve estabilidade no número de empregados. Quanto à demanda pelos serviços ofertados, 35,4% afirmaram que houve aumento, enquanto que para 33,7% informaram queda.


Para o faturamento, 40,0% das empresas indicaram queda, e 35,5% aumento.

Com relação à perspectiva para os próximos 6 meses, 52,0% dos empresários do Paraná confirmaram a pretensão de estabilidade no número de empregados. Quanto à demanda por serviços ofertados, 56,2% apresentaram um horizonte de aumento.


Para o faturamento da empresa, 55,1% dos empresários indicaram cenário com perspectiva de aumento para os próximos 6 meses. Com relação ao Ranking dos destinos demandados para os meses de junho/julho, Natal-RN, Ipojuca-PE, Maceió-AL, Fortaleza-CE e Gramado-RS nessa sequencia de preferência.


Composição do grupo de viagem, 47,3% dos clientes consumidores das agências são casais com filho(s), 12,1%, viajam com cônjuge ou namorado(a), 25,2%, viajam com algum outro parente ou com amigos e 15,4% procurou agência para viajar sozinho.



Principal Segmento demandado pelos clientes, 48,0% Sol e Praia, 15,3% cultura e patrimônio histórico, 11,2% negócios trabalhos, 10,2% natureza ecoturismo, 6,1% religião, 5,1% outros, 4,1% saúde e bem estar. 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.