Turismo

12/11/2015

PARANÁ SAI NA FRENTE COM E-MARKETPLACE DO TURISMO

A empresa paranaense Gestour Company Brasil apresentou na Câmara Federal, em Brasília, a sua plataforma que organiza e integra destinos turísticos em todo o Brasil. Em Audiência Pública da Comissão do Turismo, por solicitação da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, o CEO Vadis Silva e seu sócio Gilberto Godoy (Giba do Vôlei) procederam a apresentação em importante momento para o Turismo no País.

Na mesma oportunidade, o diretor presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes, representando o secretário do Esporte e do Turismo, deputado Douglas Fabrício, fez exposição sobre as ações do Paraná Turístico e os desafios de Promoção e Comercialização dos Destinos Emergentes.

Vadis Silva fez questão de citar o incentivo da Secretaria de Esporte e Turismo do Paraná (SEET) e a Paraná Turismo, ao comemorar o fato de o estado sair na frente com o E-MarketPlace no setor do Turismo nacional. “Faço um agradecimento especial ao professor Jacó Gimennes e ao secretário Douglas Fabrício pelo apoio ao empreendedorismo ´prata da casa´ e por colocar o Estado do Paraná na vanguarda do setor dentre os estado brasileiros”, citou o dirigente da Gestour Brasil.

“Instrumento que fomenta o setor”

Para o presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, deputado Herculano Passos (PSD-SP), o momento sugeriu lembrar os fatos que marcaram a audiência pública. “No mês passado fui procurado pelo Vadis Silva, idealizador desta plataforma, juntamente com o Giba do vôlei, que é sócio e garoto propaganda”, contou o deputado. “Eles me apresentaram essa ferramenta que, apesar de ter sido desenvolvida pela iniciativa privada, é oferecida gratuitamente para municípios e empresas de turismo. Como se trata de um instrumento que fomenta o setor, propus esta audiência, para que os deputados ajudem a difundi-la em suas bases”, complementou.

Portais na web no conceito de E-market

Atualmente o Gestour engloba 5.974 portais, compreendendo todos os municípios brasileiros, os estados, as macrorregiões, as 303 regiões do Programa de Regionalização do Turismo e empresas do setor turístico. Conforme o idealizador da plataforma, Vadis Silva, essa estruturação permite que os destinos e o trade turístico tenham o seu portal na web no conceito de E-market. “O turismo nacional vive um apagão digital. Se nós tirarmos o setor aéreo do comércio eletrônico na internet, menos de 10% dos produtos de turismo estão sendo comercializados na web. Com a Gestour, cada empresa ou destino passa a ter o seu próprio portal, tudo isso gratuitamente”, explicou. Segundo Vadis, a plataforma é estruturada no mesmo conceito do Facebook. “Da mesma forma como uma pessoa tem um perfil na rede social, os destinos ou empresas terão os seus perfis no site da Gestour.”

Jacó Gimennes

O Paraná foi o primeiro Estado no qual a plataforma foi implantada. Conforme o presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes, portais eletrônicos foram doados ao Estado. “Dentro de uma visão estratégica e praticando responsabilidade social, a Gestour doou quinze portais para a regionalização do turismo. Então cada região turística do Paraná tem um portal, que teria um custo de R$ 35 mil cada, mas foram todos doados”. Para Gimennes, trata-se de uma ferramenta democrática. “Ela atende aos pequenos, aqueles que não estão no circuito dos grandes negócios e dá àqueles que já estão, mais uma alternativa de estar no mercado.”

Hotelaria

Representando o setor da hotelaria, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Bruno Omori, da entidade paulista, falou da importância do mercado eletrônico para o setor. “Oitenta por cento dos empreendimentos hoteleiros do Brasil são independentes, ou seja, são empresas familiares, e são eles que precisam de uma comercialização diferenciada. Esses empreendimentos não estão nas grandes bandeiras de operadoras de turismo, e nós precisamos colocá-los no mercado eletrônico de internet. Menos de 50% desses pequenos hotéis têm página na web e esta é a oportunidade que o Gestour está oferecendo a eles de forma gratuita.”

Anseditur

O vice-presidente da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (Anseditur), Tanielson Campos, citou como a falta de inclusão no mercado eletrônico afeta os destinos e empreendimentos turísticos. “Há 15 minutos de Ribeirão Preto, tem a cidade de Brodowski, onde há um museu extremamente moderno e interativo, com obras de Candido Portinari. É um museu com entrada franca, mas que não tem público chegando lá, porque quando você vai nas grandes agências, no grande mercado de turismo, isso não está sendo oferecido”, lamentou. Para Campos, que também é secretário de Turismo de Ribeirão Preto, a situação fica ainda pior quando se trata de municípios de difícil acesso. “Nós estamos falando de uma cidade que tem um aeroporto com 60 voos diários, não é uma cidade que precise pegar estrada de terra para chegar. Então, se nós temos dificuldade de levar os turistas para Ribeirão, o que dizer daquelas cidades que estão no interior dos estados?”.

Craque Giba no Turismo

O campeão brasileiro de vôlei, Gilberto Godoy, o Giba, que é sócio da plataforma, falou dos motivos pelos quais abraçou este projeto. “Morei muitos anos fora e o estrangeiro acha que o Brasil é só Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e Amazônia e quero mostrar para o resto do mundo que o Brasil não é só isso. A ferramenta dá a possibilidade dos pequenos e desconhecidos empreendimentos e destinos serem divulgados e terem as mesmas condições que os grandes têm”.

Ao final da audiência, o deputado Herculano Passos disse que o próximo passo é levar a plataforma ao conhecimento de todos. “A Gestour agora sai de cena e entramos nós, defensores do turismo, para ajudar a difundir essa ferramenta, divulgando aos municípios dos nossos estados para que todos sejam integrados ao sistema”.

Também participaram da audiência representantes do Sebrae e da Confederação Nacional dos Municípios.

As empresas que quiserem integrar a plataforma devem acessar o endereço www.gestour.com.br/queromeintegrar

COM/SEET
Paulo Mosimann
paulomosimann1616@gmail.com
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.